domingo, 27 de junho de 2010

Reforma Financeira Quase Pronta no Congresso dos EUA

Na madrugada de 25 para 26 de junho de 2010, quase 2 (dois) anos após a quebra do banco Lehman Brothers, que pediu concordata em 15 de setembro de 2008, o congresso dos Estados Unidos fecha acordo para aprovar o projeto que visa aumentar a regulação das operações dos players do mercado financeiro.
Ativos lastreados em hipotecas e outros tipos de derivativos são os principais alvos. Operações de derivativos tradicionalmente negociadas no mercado de balcão deverão ser feitas através de uma câmara de compensação.
O projeto visa também proteger os consumidores e reduzir o risco sistêmico que assolou o mercado financeiro mundial na crise de 2008.
Vamos ficar de olho no desdobramento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

|  Twitter  | |  Depto Financeiro |