sábado, 24 de junho de 2017

Planilha de cálculo de juros do cheque especial

Como eu já afirmei em posts anteriores, calcular e conferir os juros cobrados pelo banco é uma tarefa árdua, pois além do único ponto em comum que é a taxa abusiva em todos os bancos, desde os bancos do governo (Caixa e Banco do Brasil) até os particulares, cada banco possui o seu próprio critério de cálculo.
Para aliviar esse problema, que é conferir o valor dos juros cobrados pelo banco, criamos cinco planilhas específicas, para os bancos Caixa, BB, Bradesco, Itaú e Santander, que já estão disponíveis em Planilhas to go. Faça-nos uma visita.

Acessar Planilhas to go

Projeção do CDI de julho de 2017

Vejam como fazer a projeção do CDI.
Assistam, curtam e compartilhem. E se inscrevam no meu canal. Obrigado!!!



sexta-feira, 16 de junho de 2017

Cheque especial - Novas planilhas

Planilha de cálculo juros cheque especial

As taxas de juros do cheque especial no Brasil são normalmente muito altas e costumam assustar com frequência os mais incautos. Portanto, entenda melhor como ele funciona e aprenda a conferir os juros que o banco cobra. 
O cheque especial é uma linha de crédito rotativo atribuído à própria conta corrente. Desta forma, os débitos, cheques emitidos e os saques reduzem a sua disponibilidade. Por outro lado, os depósitos e os créditos restabelecem o limite de crédito, daí o termo rotativo. 
O prazo do contrato geralmente é de 90 dias, renovável. Os bancos, via de regra, cobram uma tarifa na contratação e em todas as renovações, ou as inclui no seu pacote de tarifas ou cesta. 
Cada banco possui um critério próprio para calcular os juros do mês, o que dificulta a conferência devido à falta de um padrão. Normalmente os juros são calculados sobre os saldos devedores diários e são debitados na conta do cliente em uma data fixada em contrato. Alguns bancos cobram os juros logo no primeiro dia útil do mês subsequente. Outros no segundo dia útil, ou em uma data escolhida pelo cliente no momento da contratação do produto.
Além dos juros e da tarifa de contrato, há inda o IOF (imposto sobre operações financeiras) de 0,0082% ao dia e o IOF Adicional de 0,38% flat sobre a liberação dos recursos e sobre os acréscimos. 

Encontram-se disponíveis no site http://www.planilhastogo.com.br/ planilhas, com a quais é possível fazer os cálculos dos juros cobrados pelo banco e conferir se está tudo ok. Acessar!

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Indicadores financeiros de maio 2017

% Mensal
2017
CDI
IBOVESPA
DOLAR
IGP-M
POUPANÇA
Janeiro
1,0845
7,38
-4,05
0,64
0,6709
Fevereiro
0,8638
3,08
-0,89
0,08
0,5304
Março
1,0504
-2,52
2,23
0,01
0,6527
Abril
0,7431
0,65
0,95
-1,10
0,5000
Maio
0,9256
-4,12
1,42
-0,93
0,5768
Acumulado
4,7550
4,13
-0,47
-1,30
2,9652
Fontes:
CDI - Fonte CETIP; IBOVESPA, DOLAR(BACEN) - Fonte BM&FBOVESPA; IGP-M - Fonte FGV; POUPANÇA - Fonte BACEN.
O CDI registrou uma taxa de 0,9256% em Maio. Acumula 4,755% no ano . O Ibovespa caiu -4,12%. No ano a bolsa acumula 4,13% . Já o Dólar teve uma alta de 1,42% no mês, com variação de -0,47% no ano . O IGP-M registrou uma deflação de -0,93%, com variação anual de -1,3%.  A poupança, considerando o primeiro dia útil do mês de referência, rendeu 0,5768%, apresentando um rendimento acumulado no ano de 2,9652%.

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Projeção do CDI para junho 2017

Esta projeção leva em consideração os seguintes parâmetros: 21 dias úteis no mês de junho; taxa Selic atual de 11,25% a.a., com expectativa de queda para 10,25% a.a. na próxima quarta-feira, 31 de maio de 2017; taxa Selic estável durante todo o mês de junho de 2017. Por consequência, a taxa do CDI que fica muito próxima da taxa Selic terá o mesmo comportamento ao longo do mês.
Dado o exposto, a projeção do CDI de junho de 2017 é de  0,81% a.m.

Bons investimentos!

Revisado em 02/06/2017.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Fundos DI ou Tesouro Selic. Qual aplicação rende mais?

Tesouro Selic ou Fundos DI. Qual aplicação rende mais? Resposta demonstrada com números.

Veja neste vídeo:


 Bons investimentos!

terça-feira, 16 de maio de 2017

Tesouro Direto. Significado de taxa do papel.

Taxa do papel na compra (%a.a.)

Alguns títulos do Tesouro Direto, como o Tesouro Selic e o Tesouro IPCA têm duas taxas. Uma é a taxa do papel, prefixada. A outra é o indexador, pós-fixado.

A taxa do papel é a taxa contratada quando da compra do título. A taxa do papel é a taxa que o investidor recebe quando fica com o título até o vencimento do mesmo.

O indexador é uma segunda taxa, pós-fixada, que compõe a rentabilidade do título.

E ainda tem a taxa de mercado usada para calcular o valor do título em qualquer momento antes do vencimento. A taxa de mercado é válida para calcular o valor do título nos resgates antecipados.

#Ficadica

Bons investimentos!


|  Twitter  | |  Depto Financeiro |