segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Indicadores financeiros novembro 2014

% Mensal
2014
CDI
IBOVESPA
DOLAR
IGP-M
POUPANÇA
Janeiro
0,8400
-7,51
3,57
0,48
0,6132
Fevereiro
0,7827
-1,14
-3,83
0,38
0,5540
Março
0,7600
7,05
-3,02
1,67
0,5267
Abril
0,8154
2,40
-1,19
0,78
0,5461
Maio
0,8583
-0,75
0,13
-0,13
0,5607
Junho
0,8174
3,76
-1,63
-0,74
0,5467
Julho
0,9404
5,00
2,95
-0,61
0,6059
Agosto
0,8595
9,78
-1,23
-0,27
0,5605
Setembro
0,9006
-11,70
9,44
0,20
0,5877
Outubro
0,9448
0,95
-0,28
0,28
0,6043
Novembro
0,8378
0,07
4,74
0,98
0,5485
Acumulado
9,7650
6,13
9,27
3,04
6,4351
Fontes:
CDI - Fonte CETIP; IBOVESPA, DOLAR - Fonte BM&FBOVESPA; IGP-M - Fonte FGV; POUPANÇA - Fonte BACEN.
O CDI registrou uma taxa de 0,8378% em Novembro. Acumula 9,765% no ano . O Ibovespa subiu 0,07%. No ano a bolsa acumula 6,13% . Já o Dólar teve uma alta de 4,74% no mês, com variação de 9,27% no ano . O IGP-M registrou uma inflação de 0,98%, com variação anual de 3,04%.  A poupança, considerando o primeiro dia útil do mês de referência, rendeu 0,5485%, apresentando um rendimento acumulado no ano de 6,4351%.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Projeção do CDI para dezembro 2014

A projeção do CDI para o acumulado no mês de dezembro de 2014 é 0,94%. O mês de dezembro conta com 22 dias úteis e haverá reunião do COPOM nos dias 02 e 03, quando se espera uma elevação da meta SELIC de 11,25 para 11,50% ao ano.

PS. 

Nota à Imprensa - 187ª. Reunião do COPOM

"O Copom decidiu, por unanimidade, intensificar, neste momento, o ajuste da taxa Selic e elevá-la em 0,50 p.p., para 11,75% a.a., sem viés.
Considerando os efeitos cumulativos e defasados da política monetária, entre outros fatores, o Comitê avalia que o esforço adicional de política monetária tende a ser implementado com parcimônia.
Votaram por essa decisão os seguintes membros do Comitê: Alexandre Antonio Tombini (Presidente), Aldo Luiz Mendes, Altamir Lopes, Anthero de Moraes Meirelles, Carlos Hamilton Vasconcelos Araújo, Luiz Awazu Pereira da Silva, Luiz Edson Feltrim e Sidnei Corrêa Marques.".


Face ao exposto acima, reajustamos nossa projeção para 0,96% em dezembro de 2014.

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Indicadores financeiros outubro 2014

% Mensal
2014
CDI
IBOVESPA
DOLAR
IGP-M
POUPANÇA
Janeiro
0,8400
-7,51
3,57
0,48
0,6132
Fevereiro
0,7827
-1,14
-3,83
0,38
0,5540
Março
0,7600
7,05
-3,02
1,67
0,5267
Abril
0,8154
2,40
-1,19
0,78
0,5461
Maio
0,8583
-0,75
0,13
-0,13
0,5607
Junho
0,8174
3,76
-1,63
-0,74
0,5467
Julho
0,9404
5,00
2,95
-0,61
0,6059
Agosto
0,8595
9,78
-1,23
-0,27
0,5605
Setembro
0,9006
-11,70
9,44
0,20
0,5877
Outubro
0,9448
0,95
-0,28
0,28
0,6043
Acumulado
8,8530
6,06
4,33
2,04
5,8545
Fontes:
CDI - Fonte CETIP; IBOVESPA, DOLAR - Fonte BM&FBOVESPA; IGP-M - Fonte FGV; POUPANÇA - Fonte BACEN.
O CDI registrou uma taxa de 0,9448% em Outubro. Acumula 8,853% no ano . O Ibovespa subiu 0,95%. No ano a bolsa acumula 6,06% . Já o Dólar teve uma baixa de -0,28% no mês, com variação de 4,33% no ano . O IGP-M registrou uma inflação de 0,28%, com variação anual de 2,04%.  A poupança, considerando o primeiro dia útil do mês de referência, rendeu 0,6043%, apresentando um rendimento acumulado no ano de 5,8545%.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Projeção do CDI para novembro 2014

A projeção do CDI para o acumulado no mês de novembro de 2014 é 0,82%. O mês de novembro  conta com 20 dias úteis e não haverá reunião do COPOM no período.
O mercado continua apostando na manutenção da meta SELIC em 11% ao ano.

PS. Com a elevação da meta SELIC de 11% para 11,25% em 29/10, a projeção do CDI para novembro 2014 passa de 0,82% para 0,84%.

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Dicas para manter o controle financeiro pessoal

Manter as contas organizadas ainda é uma tarefa bastante difícil para muita gente, a dificuldade em conseguir fazer um controle financeiro pessoal é grande, por isso separamos algumas dicas que para você manter as contas em ordem:
Acompanhe suas receitas e despesas: Crie uma planilha em seu computador e anote todo seu orçamento doméstico. Procure fazer isso diariamente para nao acumular muita informação e depois ficar difícil de lembrar todas as despesas, receitas e poupança. Não esqueça de anotar até mesmo as suas despesas na rua, como a compra de itens que muitas vezes não damos atenção, como um chiclete na padaria após o almoço. Existem planilhas na internet disponíveis para download, até mesmo softwares mais sofisticados, vale a a pena dar uma olhada e conhecer.
Compare os preços dos produtos: Nunca faça a compra na primeira loja em que você encontrar o produto, procure fazer uma pesquisa de preço, muitas vezes o mesmo produto em outra loja pode ter o preço bastante inferior, o que faz diferença no final do mês.
Compre somente o necessário: Muitas vezes acabamos comprando outros itens que não são necessários quando entramos nas lojas, até mesmo nos supermercados, procure evitar este tipo de situação, pense no final do mês e se realmente o valor daquele produto que não era tão necessário irá valer a pena.
Procure efeturar pagamentos a vista: Os pagamentos a vista na maioria das vezes sempre tem descontos, sempre que for possível, procure fazê-los desta forma, assim você evita o uso do cartão de crédito e de gastar mais do que você recebe.
Procure sempre traçar metas para atingir seus objetivos, se você está pensando em comprar um carro porém seu orçamento acaba sempre ficando fora do esperado, pense nele na hora que for realizar as compras, procure seguir as dicas que o resultado no final do mês será gratificante. Não se esqueça de ser realista, não adianta querer passar por cima de seus limites, viva de acordo com seu padrão de vida.

Post Colaborativo por Cenize