sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Saiba qual a Melhor Aplicação Financeira do Momento.

-
Esta é uma pergunta recorrente. Normalmente quem a faz tem um brilho nos olhos e espera ansiosamente por uma resposta mágica. Parece uma pergunta simples e óbvia, mas o óbvio é relativo.

A definição de onde aplicar o dinheiro depende de vários fatores, como o perfil do investidor (conservador, moderado ou arrojado), o prazo do investimento, o valor, a finalidade, entre outros.

Na renda fixa temos a poupança, o CDB, os fundos, os fundos de previdência, etc. Nesta categoria é importante observar além do rendimento mensal, a tributação e a forma como o imposto é cobrado, a taxa de administração dos fundos, bem como a classificação de risco e a liquidez. O Imposto de renda começa com 22,5% para aplicações de até 180 dias e pode chegar a 10%, em dez anos, no caso dos fundos de previdência. Nos fundos de investimentos o imposto de renda é cobrado semestralmente, em maio e novembro, já no VGBL a tributação sobre os rendimentos ocorre somente no resgate, dando uma vantagem substancial para esta última categoria.

Na renda variável, todos os olhares começam a se voltarem para a Bolsa de Valores. Entretanto vale lembrar a grande volatilidade deste segmento. A crise financeira recente, uma das maiores da história do mundo capitalista, deflagrada pelo estouro da bolha do “sub prime” nos USA, tendo como um de seu marco a quebra do banco americano Lehman Brothers, anunciada em 15 de setembro de 2008, exemplifica bem o nível de incerteza nesta seara.

Neste cenário, visto a partir de 2008, o índice Bovespa atingiu seu pico máximo em 20 de maio de 2008, a 73.516,81 pontos. No dia 15 de setembro estava a 48.416,33. Queda de 34%. Com o aumento do nível de incerteza, atingiu o fundo do poço, com o mínimo de 31.250,6 pontos em 21 de novembro de 2008. Queda de mais 35% em relação a 15 de setembro. Fechou o ano de 2008 a 37.550,31 pontos, com uma ligeira recuperação. Outubro de 2009 fechou a 61.545,5 pontos, ganho de 64% em relação ao fechamento de dezembro.

Hoje o índice Bovespa ronda na casa dos 66.000 pontos, atraindo grande atenção dos investidores. Vale lembrar a máxima “comprar na baixa e vender na alta”. Onde você acha que o mercado de ações está agora, no ponto de compra ou de venda? Neste contexto, devido à assimetria das informações os leigos tendem a imitar a decisão dos outros, supostamente melhor informados, tomando decisões sobre investimentos que desconhecem.

Devido às taxas de juros no mundo desenvolvido, ainda existem boas alternativas na renda fixa no Brasil. Todavia, devido à tendência do juro básico brasileiro, é natural que os investidores domésticos procurem alternativas mais rentáveis na renda variável. Entretanto, para evitar armadilhas, os novatos precisam conhecer o terreno onde vão pisar para evitar o “efeito manada”.

A BOVESPA em seu sitio WWW.bmfbovespa.com.br oferece cursos, palestras e amplo material aos iniciantes. Informe-se, faça a sua parte, aí você saberá qual a melhor aplicação financeira para o seu dinheiro.

Boa Sorte !!!

2 comentários:

  1. Vc não respondeu a pergunta qual a melhor aplicação financeira no momento.
    Vc disse para que procurrassemos saber entr 4 tipos mais a bolsa de valores........

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A melhor aplicação varia de acordo com o perfil do investidor. Tolerância ao risco. Tempo, objetivo etc. Varia também de acordo com o momento econômico. Existe uma cesta de produtos da qual devemos escolher os que melhor se adequam ao nosso perfil. Não há uma resposta mágica. Quanto mais se lê, mais se aprende.

      Excluir