quarta-feira, 19 de maio de 2010

Conquistando a independência financeira

image
A economia é apenas uma questão de hábito.
Uma vez fixado na mente, o hábito impele voluntariamente o indivíduo à ação. Por exemplo, siga o mesmo caminho todos os dias, quando se dirigir ao trabalho, ou a outro lugar que vá com freqüência. Dentro em pouco, o hábito estará formado. A mente da pessoa a levará automaticamente para aquele caminho.
Por outro lado a dívida é um inimigo fatal do hábito da economia. Sob o peso das dívidas, o homem perde a autoconfiança e a esperança e estará condenado ao fracasso.
Há dois tipos de dívidas. O primeiro, que dever ser evitado a todo custo é aquele decorrente de coisas supérfluas, e que se tornam um peso morto. O segundo, são as dívidas feitas no decorrer de uma transação comercial ou profissional, que representam mercadorias ou trabalho, e que podem ser convertidas em ativo.
Quanto pode uma pessoa economizar?
A resposta não pode ser dada em poucas palavras, pois a quantia que alguém pode economizar depende de muitas condições, das quais algumas podem ser controladas, ao passo que outras não dependem da vontade da pessoa.
De um modo geral, quem trabalha na base de um salário fixo pode dividir a sua renda da seguinte maneira:
Economias ....................................... 20%
Casa, comida e roupa ...................... 50%
Educação ......................................... 10%
Lazer ................................................ 10%
Saúde e seguro de vida ................... 10%
Há uma regra por meio da qual todo homem pode determinar, mesmo com antecedência, se desfrutará ou não independência financeira, coisa tão desejada por todos, e essa regra nada tem a ver com o rendimento da pessoa.
Essa regra é a seguinte: se alguém seguir sistematicamente o hábito de economizar uma percentagem certa de todo o dinheiro que ganha ou recebe, essa pessoa pode estar certa de que alcançará uma situação financeira independente. Porém se nada economiza, pode ter certeza que jamais adquirirá independência financeira, seja qual for a renda de que possa dispor.
As oportunidades surgem para os que economizam dinheiro.
Quando o automóvel Ford estava ainda em processo de aperfeiçoamento, no início da sua existência, Henry Ford necessitou de capital para promover a fabricação e a venda de seus carros. Procurou alguns amigos que tinham economizado alguns milhares de dólares. Esses amigos o apoiaram, emprestando-lhe alguns milhares de dólares e, mais tarde, receberam milhões de lucro.

Neither a borrower, nor a lender be:
For loan oft loses both itself and friend,
And borrowing dulls the edge of husbandry.
This above all: to thine own self be true,
And it must follow, as the night the day,
Thou canst not then be false to any man. SHAKESPEARE.

Nunca emprestes nem peças emprestado:
Com um empréstimo muitas vezes se perde o dinheiro e o amigo,
Um empréstimo prejudica a economia.
Acima de tudo: sê fiel a ti mesmo,
E tão certo como a noite segue o dia,
Não serás infiel a nenhum homem.

Fonte: A Lei do Triunfo. Napoleon Hill. adaptado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

|  Twitter  | |  Depto Financeiro |